3 etapas para cantar bem QUALQUER música

Com as etapas descritas nesta postagem, você pode cantar QUALQUER música que quiser! Rock, Pop, MPB, Sertanejo, Teatro Musical, Letras de músicas etc.

Às vezes, recebemos contatos de noivos que querem surpreender o parceiro e cantar em seu casamento. Então eles nos perguntam: Vou cantar (1) uma única música em meu casamento, quanto tempo levará para aprender a cantar uma única música?

E nossa resposta é sempre: depende! Isso depende das facilidades e dificuldades que a pessoa já tem e também da dificuldade da música. Mas enfatizamos que nosso objetivo aqui é resolver as dificuldades vocais da pessoa como um todo, para que ela possa cantar QUALQUER música e não apenas as que está praticando na aula.

Normalmente, trabalhamos com o repertório a partir da segunda aula. Para isso, testamos sua voz na primeira aula, além de perguntar sobre seus objetivos, referências, estilo preferido e disponibilidade para estudar fora do horário de aula. Também pedimos uma lista inicial de cerca de cinco músicas. Pegamos todas essas informações e escolhemos (juntos – treinador vocal e aluno) a primeira música.

Bem, finalmente chegou a aula em que você trabalhará com música? Excelente! Vamos para as etapas:

  • Aspectos musicais
  • Aspectos técnicos
  • Aspectos de estilo e interpretação

O que queremos dizer com aspectos musicais? Simplesmente afinação (notas) e ritmos. A pergunta que você deve fazer a si mesmo aqui é: estou cantando todas as notas e ritmos da música de forma coerente? A música original deve ser sempre um guia aqui. Não: “Ah, mas eu canto assim!” Ou então: “Esta é a minha versão”. Escolhas desse tipo serão feitas no item 3 e, se você me permitir, elas devem ser reservadas para cantores mais experientes.

Aí vem a pergunta: mas como saberei se estou cantando as notas e os ritmos certos? Bem, aqui vou deixar outro post que fala sobre a importância do treinamento auditivo. Faça o login aqui.

Há até uma piada de músicos sobre isso! Há uma lenda que diz que um dos assistentes de Bach, depois de ouvir seu professor (o próprio Johann Sebastian) tocar bem uma peça musical e falhar repetidamente, perguntou: “Como você consegue tocar tão bem?” e ele respondeu: “Toque as notas certas na hora certa!”

Parece bobagem, mas ao fazer isso, você estará bem próximo de cantar bem a música. Precisamos deixar um pouco de lado, nos dois primeiros itens, aquela frase que todo mundo disse um dia, mas poucos sabem o significado: “Música é emoção!”. Digo isso para acertar as notas, os ritmos e os aspectos técnicos, mas não há nada disso!

Então, quais são os aspectos técnicos?

Basicamente (principalmente para música popular): se você estiver atingindo os pontos altos e baixos da música com certo conforto. Para isso, os exercícios de técnica vocal desempenham um papel fundamental no aumento de seu alcance e de sua zona de conforto no canto. Observe que um ajuste aqui pode ajudar na afinação (notas muito altas ou muito baixas). Portanto, esses dois primeiros itens não são necessariamente lineares.

Para sua saúde e longevidade vocal, ainda não é hora de pensar: o cantor original está fazendo isso com distorção (rasgado/drive). Ou qualquer coisa do gênero. Preocupe-se em se sentir confortável ao tocar essa ou aquelas músicas de seu repertório.

Por fim, vem o que todo mundo gosta: interpretação e estilo. Uma vez que as notas, os ritmos e os aspectos técnicos tenham sido resolvidos, tente relacioná-los à letra da música e também incorpore alguns traços específicos do estilo ao qual a música pertence.

“O estilo é mais capturado do que ensinado”, como diz meu mestre Brett Manning, “o estilo é mais “capturado” (absorvido) do que ensinado”. Aqui, então, a principal recomendação é ouvir muito e tentar “pegar” (sim, isso não é só para instrumentistas, especialmente em estilos que têm grande complexidade de frases e melismas) muitas músicas do(s) estilo(s) que mais lhe interessam. ) você.

Depois de seguir essas três etapas, garanto que você impressionará muitas pessoas com as músicas que canta!

Raphael Begosso

Raphael Begosso

Formado em Música com habilitação em Composição e Regência pela Universidade Estadual Paulista (UNESP), a melhor faculdade de música do Brazil. Como um dos melhores alunos de sua turma, conseguiu uma bolsa da CNPQ e foi convidado para integrar um grupo de pesquisa científica conhecito como PET. Raphael trabalhou como diretor, arranjador, e produtor de muitos grupos vocais e corais. Seu grupo CantaMais fez shows por várias cidades de Sãp Paulo e foi convidado para fazer uma participação num programa de TV chamado Programa do Jô da rede Globo de televisão (você pode achar esse vídeo em nosso canal do YouTube). Ele estuda voz desde 1998 e é um vocal coach dede 2002. Estudou tamabém piano, guitarra, violão erudito e canto coral na Escola de Música do Estado de São Paulo (antiga ULM) Um dos grandes mentores de Raphael é Brett Manning que aplica o Singing Success – método de eficiência comprovada e usado por vários cantores famosos e ganhadores de prêmios Grammy, MCA Awards and Dove comoHayley Williams (Paramore), Taylor Swift, Keith Urban, Mark Kibble and Claude Mcknight (Take 6), Michael Barnes, Luke Bryan entre outros.

Leia Mais

Contato

Não perca a oportunidade de transformar seu sonho em realidade!

AGENDE AGORA SUA PRIMEIRA AULA

Obrigado pela sua solicitação! Em breve um membro do nosso time entrará em contato com você.

Se você precisar de uma forma de contato mais rápida, tente um dos métodos abaixo.
Abrir bate-papo
1
💬 Precisa de ajuda?
Escanear o código
Olá 👋
Como podemos ajudar você?