Dicas sobre saúde vocal

Quais seriam as precauções básicas com relação à alimentação, sono e saúde vocal em geral? E o que deve ser evitado? Quais são os prós e os contras de cantar?

Antes de mais nada, um professor de canto NÃO é um clínico geral, nem um otorrinolaringologista, nem um fonoaudiólogo, nem um nutricionista, certo? Podemos recomendar apenas algumas coisas, mas o melhor seria confirmar tudo com os respectivos profissionais de saúde.

Especialmente porque a primeira recomendação seria: aprenda a “ouvir” seu corpo. Alimentos ou atitudes que podem ser bons para uma pessoa podem não ser bons para você e vice-versa. Portanto, teste (mais de uma vez) todas essas recomendações abaixo e mantenha-as como se fossem um diário de como sua voz se comporta. Tente eliminar os dias em que sua voz não estiver funcionando bem por outros motivos (gripe, alergias, etc.).

DO
(“Of”)

– Beba muita água durante o dia. 2 a 3 litros seria o ideal. Para não perder a conta, tente evitar copos (cada um tem um tamanho diferente) e adote garrafas. Isso lhe dará uma medida mais precisa. O ideal é distribuí-lo bem durante o dia para manter-se hidratado e não tomar muito de uma só vez. A água não passa pelas pregas vocais e as hidrata. Quando o corpo se sente hidratado, ele produz uma substância que lubrifica as pregas vocais. E a água que você bebe agora leva cerca de 2 horas para causar esse efeito no corpo. Portanto, não é muito útil beber água quando se está cantando, apenas beba pequenos goles para limpar possíveis secreções;

– Alimentação saudável, de preferência com frutas e legumes. Apenas nos dias de shows e gravações, se quiser comer um pouco mais de carboidrato, isso lhe dará um pouco mais de energia para lidar com seu compromisso vocal;

– Coma uma maçã com casca por dia. A maçã é adstringente e anula parte da acidez natural do estômago. A casca é porosa e ajuda a limpar as secreções;

– Dormir bem, 8 horas por dia. A qualidade do sono é tão importante quanto a quantidade. Em termos de quantidade, a recomendação é de 8 horas, mesmo que você se sinta à vontade com menos. Em termos de qualidade, tente prestar atenção ao seu travesseiro, colchão e temperatura ambiente;

– Faça a inalação de 2 a 3 vezes por semana. Especialmente aqueles que vivem em grandes cidades precisam lidar com a poluição, além do clima seco. Além disso, muitos de nós passamos algumas horas por dia no ar-condicionado. A hidratação por inalação é diferente da hidratação por ingestão de água, por isso é importante fazer as duas;

– Manter um ritmo de exercícios físicos regulares, principalmente exercícios aeróbicos;

– Manter um ritmo de estudo frequente de técnica vocal (não nos dias de eventos, concertos e gravações);

– Trate com seriedade qualquer distúrbio estomacal. A gastrite (uma das mais comuns) pode causar sérios danos ao trato vocal;

– Trate qualquer distúrbio emocional com seriedade. Nosso estado de espírito pode causar alterações químicas no corpo que, por sua vez, afetam muito a voz;

– Tente entender os limites de sua voz (isso é diferente para cada pessoa). Tire pelo menos um dia de descanso vocal por semana. Aprenda a se poupar nos ensaios. Tente não agendar shows, eventos e gravações muito próximos uns dos outros e tente não agendar compromissos vocais que durem mais de 1h30. Toda vez que usar sua voz, faça uma rotina de relaxamento.

NÃO FAZER
(“Don’ts”)

– Não coma (especialmente se for uma refeição completa) menos de uma hora antes de cantar. O movimento da digestão pode atrapalhar seu desempenho. Mantenha-se na água, mas, mesmo assim, recomenda-se tomar goles pequenos e bem distribuídos durante a 1 hora que antecede o evento, show ou gravação;

– Evite alimentos e bebidas que contenham cafeína (café, chá mate, etc.). A cafeína age desidratando o corpo e pode perturbar sua hidratação e a consequente produção da substância que lubrifica as pregas vocais;

– Evite alimentos que causem pigarro ou secreção, como leite, iogurte, queijo, cocolato (e todos os produtos lácteos), coca-cola e alimentos muito gordurosos;

– Evite bebidas muito quentes em dias frios e bebidas muito geladas em dias quentes. O choque térmico pode não ser bom para sua voz;

– Evite bebidas alcoólicas. Pelo mesmo motivo que os que contêm cafeína;

– Tente evitar situações estressantes ou tristes. Mesmo que isso não cause nenhuma doença mental (consulte o item 7 dos ” dos “), com certeza afetará sua maneira de cantar, pelo menos naquele dia específico.

– Não faça um treino de musculação menos de 6 horas antes do evento, show ou gravação. O treinamento com pesos envolve hipertrofia, que aumenta a tensão em todo o corpo e pode ser prejudicial ao seu canto;

– Não cante sem aquecer sua voz completamente;

– Evite ficar muito próximo de pessoas com sintomas de gripe, especialmente nos períodos próximos ao seu show, evento ou gravação;

– Evite ambientes onde as pessoas estejam fumando. Mesmo que você não seja fumante, estar em um ambiente onde as pessoas fumam pode ser prejudicial à sua voz.

Dez coisas para fazer e dez para evitar. Muitas delas também são indicações gerais de saúde para você, mas certamente farão toda a diferença para você que deseja ter uma longa carreira profissional ou amadora no canto.

Raphael Begosso

Raphael Begosso

Formado em Música com habilitação em Composição e Regência pela Universidade Estadual Paulista (UNESP), a melhor faculdade de música do Brazil. Como um dos melhores alunos de sua turma, conseguiu uma bolsa da CNPQ e foi convidado para integrar um grupo de pesquisa científica conhecito como PET. Raphael trabalhou como diretor, arranjador, e produtor de muitos grupos vocais e corais. Seu grupo CantaMais fez shows por várias cidades de Sãp Paulo e foi convidado para fazer uma participação num programa de TV chamado Programa do Jô da rede Globo de televisão (você pode achar esse vídeo em nosso canal do YouTube). Ele estuda voz desde 1998 e é um vocal coach dede 2002. Estudou tamabém piano, guitarra, violão erudito e canto coral na Escola de Música do Estado de São Paulo (antiga ULM) Um dos grandes mentores de Raphael é Brett Manning que aplica o Singing Success – método de eficiência comprovada e usado por vários cantores famosos e ganhadores de prêmios Grammy, MCA Awards and Dove comoHayley Williams (Paramore), Taylor Swift, Keith Urban, Mark Kibble and Claude Mcknight (Take 6), Michael Barnes, Luke Bryan entre outros.

Leia Mais

Contato

Não perca a oportunidade de transformar seu sonho em realidade!

AGENDE AGORA SUA PRIMEIRA AULA

Obrigado pela sua solicitação! Em breve um membro do nosso time entrará em contato com você.

Se você precisar de uma forma de contato mais rápida, tente um dos métodos abaixo.
Abrir bate-papo
1
💬 Precisa de ajuda?
Escanear o código
Olá 👋
Como podemos ajudar você?