Como e quanto devo estudar canto?

Um dos maiores erros que uma pessoa pode cometer na música é achar que APENAS as aulas a levarão a se tornar um bom músico. Digo isso em relação a qualquer instrumento, música ou teoria. Isso vale para aulas conosco ou com qualquer professor (ou treinador) do mundo.

Vamos nos restringir às aulas de canto neste post para exemplificar bem e também porque é nossa especialidade.

Depois de passar por muitos professores de canto de diferentes estilos e “técnicas” (sim, entre aspas, explico em outro post), cheguei à conclusão de que a melhor coisa que um professor de canto (preparador vocal) pode oferecer é organizar seu estudo e sua prática. prática. Em resumo, como e quanto você deve estudar/treinar.

Dessa forma, as turmas devem verificar o que foi estudado e repassar mais conteúdo até a próxima reunião. O intervalo entre as aulas às vezes dependerá mais do aluno e de questões pragmáticas (horário, preço da aula etc.)

Uma aula semanal é suficiente, pois considera-se que o aluno estudará algo entre 3 e 5 vezes essa mesma sequência de exercícios e atividades em cima do repertório entre uma aula e outra. É claro que o professor deve estar ciente das metas do aluno e também ser compreensivo quando ele comunicar que sua agenda não permite toda essa dedicação.

É possível obter resultados sem essa dedicação mencionada acima, basta que o preparador vocal elabore um plano com o aluno e também que ele se conscientize de que seu desenvolvimento será mais lento.

Em qualquer caso, é essencial que o aluno tire um dia de folga (não cante nesse dia). Supondo uma dedicação semanal máxima, então seria 1 dia de aula + 5 dias de estudo + 1 dia de descanso. No caso de alunos que já fazem shows e gravações, não é recomendável estudar no dia do show ou da gravação (apenas aquecimento) e a necessidade de 2 dias de descanso semanal deve ser considerada.

Quanto tempo de estudo por dia? Algo entre 45 minutos (mínimo) e 2 horas (máximo). Se o aluno for um iniciante, ele deve ficar muito próximo do número mínimo por algumas semanas (ou até meses) e devemos deixar o número máximo apenas para aqueles que já têm a resistência necessária para cantar por tanto tempo. Em todo caso, peça orientação ao seu professor de canto.

Depois de organizar o tempo de estudo, resta-nos responder à pergunta sobre como estudar. A resposta aqui parece um pouco óbvia: exatamente como seu professor indicou durante a aula. Ou seja, você deve reproduzir exatamente os sons e as sensações que seu treinador vocal indicou.

Para isso, acho que é ESSENCIAL registrar os exercícios e as músicas trabalhados em sala de aula. Quanto melhor a qualidade da gravação, melhor você poderá estudar em casa mais tarde.

As condições ideais seriam estudar em um estúdio, com tranquilidade, isolamento acústico e equipamento de retorno. Podemos adaptar isso e estudar em uma sala, com portas e janelas fechadas e um telefone celular de qualidade razoável. Atualmente, é possível investir em equipamentos básicos (microfone e fones de ouvido) gastando muito pouco.

Se você atingir essa condição ideal pelo menos uma ou duas vezes por semana, pode ter certeza de que a vantagem de cantar é que você pode estudar em qualquer lugar ou fazer quase qualquer outra coisa ao mesmo tempo.

Uma dica preciosa que sempre repasso é que, se você tiver os exercícios e o repertório no celular ou em um pen drive, poderá estudar no carro, no chuveiro, enquanto cozinha, limpa, lava louça, lava e seca roupas etc.

Para encerrar, a principal mensagem desta postagem é que, com um plano e a orientação adequada de seu professor de canto, todo o resto depende de você! Está em suas mãos tornar-se o cantor que você sempre quis ser!

Raphael Begosso

Raphael Begosso

Formado em Música com habilitação em Composição e Regência pela Universidade Estadual Paulista (UNESP), a melhor faculdade de música do Brazil. Como um dos melhores alunos de sua turma, conseguiu uma bolsa da CNPQ e foi convidado para integrar um grupo de pesquisa científica conhecito como PET. Raphael trabalhou como diretor, arranjador, e produtor de muitos grupos vocais e corais. Seu grupo CantaMais fez shows por várias cidades de Sãp Paulo e foi convidado para fazer uma participação num programa de TV chamado Programa do Jô da rede Globo de televisão (você pode achar esse vídeo em nosso canal do YouTube). Ele estuda voz desde 1998 e é um vocal coach dede 2002. Estudou tamabém piano, guitarra, violão erudito e canto coral na Escola de Música do Estado de São Paulo (antiga ULM) Um dos grandes mentores de Raphael é Brett Manning que aplica o Singing Success – método de eficiência comprovada e usado por vários cantores famosos e ganhadores de prêmios Grammy, MCA Awards and Dove comoHayley Williams (Paramore), Taylor Swift, Keith Urban, Mark Kibble and Claude Mcknight (Take 6), Michael Barnes, Luke Bryan entre outros.

Leia Mais

Contato

Não perca a oportunidade de transformar seu sonho em realidade!

AGENDE AGORA SUA PRIMEIRA AULA

Obrigado pela sua solicitação! Em breve um membro do nosso time entrará em contato com você.

Se você precisar de uma forma de contato mais rápida, tente um dos métodos abaixo.
Abrir bate-papo
1
💬 Precisa de ajuda?
Escanear o código
Olá 👋
Como podemos ajudar você?